Páginas

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

UNIVERSIDADE DOS PÉS DESCALÇOS

UMA ESCOLA PRA LÁ DE EXTRAORDINÁRIA

Em Rajasthan, na Índia, uma escola extraordinária ensina mulheres e homens do meio rural -  muitos deles analfabetos - a se tornarem engenheiros solares, artesãos,  dentistas e médicos nas suas próprias aldeias. Chama-se Universidade dos  Pés-Descalços, e o seu fundador, Bunker Roy, explica como funciona.

Com  tantos relatórios de personalidades tão importantes com cursos tirados  nas melhores Universidades, a solução está onde menos a queremos  procurar, está no terreno, como diz o orador.

Bunker Roy: Aprendendo com um movimento de pés-descalços

 

A Barefoot College ou Universidade dos Pés Descalços não fornece diploma, não estabelece tempo para terminar os estudos e não é preciso saber ler ou escrever para se tornar aluno. 
O objetivo da universidade é juntar a sabedoria tradicional das pessoas às novas tecnologias, como uma forma de educar e melhorar a vida dos cidadãos de uma determinada comunidade. 
Seu criador, Sanjit Bunker Roy foi educado nos melhores colégios da Índia, mas preferiu aprender com o povo simples.
Ali, qualquer um pode aprender sobre informática, energia solar, mecânica, hidráulica, etc.
A universidade, projeto de um aldeão, é autossuficiente em energia e água, captada da chuva. Mulheres - geralmente avós - de vários países pobres vão à essa universidade para aprender com outras mulheres sobre como transformar a vida em suas aldeias.

 SOUL SADNESS
 

2 comentários:

  1. Porque faltam Bunker Roys e sobram Alckmins, Lulas, Dirceus,Hélios (Campinas) e por aí vai...

    ResponderExcluir