Páginas

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

UMA ARTE DELICADA


 GUAN ZE JU - CHINA
 Tempos de grande agitação freqüentemente produzem grandes artistas.  As guerras mundiais do século XX, criaram ambientes ricos em reavaliações constantes do papel e da finalidade da arte. 
 Movimentos poderosos, como o surrealismo, alteraram a forma como as pessoas vêem o mundo e se comunicam uns com os outros.  
 Contribuições semelhantes ao mundo, da arte da Ásia, foi totalmente apreciado, como o legado fornecido pelos Realistas Sociais da China. Um dos maiores desses Realistas Sociais é Guan Zeju.
 Guan Zeju viveu alguns dos momentos mais tumultuados da história da China. Ele tornou-se um pintor magistral e um grande professor através da disciplina intensa e do esforço com sua grande dose de talento inerente. 
 Quando adolescente, as pessoas o chamavam de "boi de pintura" pelo seu foco único, nos tradicionais modos de expressão chinesa.  
 Uma e outra vez, quando ele é questionado sobre suas experiências, o seu nascimento em 1941 em uma pequena vila fora de Guangzhou (Cantão), a sua educação formal e informal e aprendizagem, ele retorna para a mesma palavra em mandarim, o que significa aproximadamente a "esforço".
 BAILARINAS

Um comentário:

  1. Recebí por e-mail, de minha amiga Rogoldoni:

    Delicadeza e Leveza !

    ResponderExcluir