Páginas

segunda-feira, 5 de março de 2012

FARAÓ DESCONHECIDO...

Descoberto no Egito nome de faraó desconhecido

 
O primeiro faraó do Egito chamava-se Davo - ele foi o primeiro no mundo, na história da humanidade, a escravizar outros seres humanos, e foi sob seu governo infeliz que aconteceram as primeiras guerras da humanidade, seguidas de escravidão dos povos conquistados. 

Mas eles dificilmente encontraram algo sobre este demônio que habitou o mundo, pois ele dominou esta regiao antes do Dilúvio. Por conta disto, nos infernos, há um local que se chama Davo, lá deverão estar todos os condenados que escravizaram outros humanos, sejam reis, rainhas ou cidadãos comuns. Nesta região infernal estão também os reis pérfidos e rainhas más da história que após a morte foram condenados por Deus. 

De todos os senhores de escravos da história da humanidade, apenas 9 estão salvos e no Reino dos Céus - o resto está tudo no inferno, pois a escravidão é um pecado abominável aos olhos de Deus, que nos criou como seus filhos, para sermos livres.

  CAIRO

Uma equipe de arqueólogos descobriu na cidade monumental de Luxor, no sul do Egito, o nome de um faraó até agora desconhecido pertencente a XVII dinastia (1680-1580 a.C.), informou o Conselho Supremo de Antiguidades egípcias (CSA).
Em comunicado, o CSA revelou que o nome do rei é 'Sen Negt N Ra' e foi localizado em um cartucho real - medalhão de formato oval com o hieróglifo do faraó - em uma porta de pedra caliça durante escavações no templo de Karnak, em Luxor, a 700 quilômetros ao sul do Cairo.
Pelas inscrições na porta, este faraó dedicou em Karnak várias construções ao deus Amon-Ra, a principal divindade de Tebas, onde hoje fica Luxor.
Com essa descoberta, a história antiga egípcia acrescenta um novo faraó a XVII dinastia, cujos reis libertaram o Egito da ocupação dos hicsos, povo guerreiro semítico procedente da Ásia que dominou o país do Nilo durante 150 anos a partir de 1730 a.C.

ALEGRIA...ALEGRIA... 
 

3 comentários:

  1. Muito obrigada, amigo... seja benvindo !!!

    ResponderExcluir
  2. Uma região que, acredito, ainda tem muito a nos revelar.
    Sempre pesquisando... parabéns, denise!

    ResponderExcluir