Páginas

sábado, 22 de setembro de 2012

UM POUCO DE CARLOS GOMES 21




REFRESCANDO A MEMÓRIA

PUBLICAÇÃO DO JORNAL CORREIO POPULAR DE CAMPINAS, DE 27 DE JUNHO DE 2010
(clique na notícia para ampliar)





Lápide da Sepultura de Carlos André - Itália

COMENTÁRIO DA DENISE - 2010:

Como eu já esperava, pois, sou campineira e conheço bem este povo daqui, meu projeto de tentar trazer os restos mortais do filho de CARLOS GOMES pra junto do pai, não foi aceito pela CONDEPACC.

Argumento: "...o monumento é uma homenagem da cidade ao maestro e não à sua família."

E eu digo: pelo visto, não "captaram" o sentido de tudo: a intenção é homenagear CARLOS GOMES, trazendo pra junto dele seu filho, por quem CARLOS GOMES tanto lutou para impedir que a tuberculose o vencesse e o levasse e que morreu dois anos depois do pai.


Quanto à família "paralela", pois, o maestro não teve netos, esta tem apenas que sentir-se presenteada por ter "seu sangue correndo nas veias". E, por ter "seu sangue correndo nas veias", deveria ter feito muito por ele e não fez.

Só quem conhece profundamente a vida de CARLOS GOMES, sabe que era o único filho (havendo também uma filha - Itala, que está enterrada no Rio de Janeiro)que acompanhou passo-a-passo a vida do pai, que veio ao Brasil várias vezes com o pai e que fez muitos esboços de cenários das óperas do pai. Isso, quase ninguém sabe.
 

Ninguém está querendo conspurcar o Monumento de CARLOS GOMES, a propósito, pra quem não sabe, CARLOS GOMES foi enterrado, quando chegou de Belém do Pará, no jazigo da família Ferreira Penteado, POR CARIDADE, POR FAVOR, "QUEBRA-GALHO", porque sua cidade não arrumou um pedaço de chão pra ele repousar.(teve um mes pra arrumar, uma vez que o corpo do maestro levou este tempo pra vir de Belém pra cá. E só veio, porque Campinas pediu, pois, eles o queriam LÁ !)

Este pedido de Campinas, não foi um pedido de amor, foi puro interesse: era o corpo do famoso compositor que, a partir deste momento já não incomodava mais: estava morto e como tal, passava a interessar e muito a partir de agora.

Campinas soube reclamar o corpo do maestro, mas não providenciou um lugar decente pra ele repousar. Coube, mais uma vez, aos amigos do maestro fazê-lo.

Aos que votaram sem entender bem qual é a intenção: o que se pretende é ENTERRAR as cinzas de Carlos André Gomes no TÚMULO da família, ou seja, no Monumento-TÚMULO do maestro campineiro (coitado...) ANTONIO CARLOS GOMES.

Será que é tão difícil de entender isto ?

Um túmulo é um túmulo, seja embaixo daquele Monumento, seja no Cemitério ou seja apenas uma cova rasa. (e olhe que, se não fosse a família Ferreira Penteado, ele teria esperado o famigerado "Monumento-Túmulo" numa COVA RASA.

Tem outro detalhe a esclarecer: a família não tem nada com este projeto em questão, aliás, a família nem sabia disso até hoje. É um projeto meu, pois, surgiu quando estive no Cemitério de Milão e senti muita tristeza por ver que até isso foi negado a Carlos Gomes. Coube na época, ao país, este gesto de reconhecimento por tudo o que ele fez pelo Brasil.


Mas não, enterrou-se um brasileiro, filho do Compositor das Américas...na Itália.

Isto só prova que o Brasil não respeita seus expoentes.

Tem outra... não quero banda, nem orquestra, nem alarde, não.
Só pretendo fazer justiça: O Brasil, São Paulo, Campinas não encheram a boca pra apregoar aos quatro cantos do mundo que os filhos de CARLOS GOMES eram italianos?

Pra quem não sabe, CARLOS GOMES os naturalizou BRASILEIROS !

E como brasileiro, filho legítimo do ilustre filho de Campinas (coitado...) ANTONIO CARLOS GOMES, Carlos André tem mais é que estar aqui, ao lado do pai.
Os mais agnósticos diriam: pra quê trazer o filho pra cá ? Já estão mortos mesmo !  
Respondo: por RESPEITO... por AMOR... por CONSIDERAÇÃO... por REMISSÃO de todos os pecados cometidos contra ele !!!!!!!!!!!!!

Às vezes acho que não querem abrir o túmulo, de medo do que se pode achar lá... afinal não vê manutenção faz tempo !!!! Será que é isso ?


Se é tão importante assim para Campinas, não se conspurcar o Monumento-Túmulo do maestro, para trazer para junto dele, no Túmulo DELE, seu filho; se CARLOS GOMES passou a ser tão importante assim, por que está sendo depredado a olhos vistos e ninguém se mexe ?

E tem outra: ninguém enterra ninguém em Monumento- Túmulo... enterra-se apenas no Túmulo !!!!!!! E, neste caso, o Monumento fica agradecido, pois, finalmente será "EXAMINADO".


 Este é um exemplo de como se deve cuidar de um "homenageado". Um busto extremamente bem cuidado, num jardim imenso e lindo !

Ghislanzoni foi o libretista de óperas de CARLOS GOMES e seu amigo íntimo.
Nascido nesta cidade, LECCO, onde CARLOS GOMES construiu sua casa - Villa Brasilia.

PUBLICAÇÃO DO JORNAL CORREIO POPULAR DE CAMPINAS DE 1 DE JULHO DE 2010
(clique no recorte para ampliar)



COMENTÁRIO DA DENISE - 2010:

O DIREITO DE UNIR A FAMÍLIA (título dado pelo Correio)
 

 Esquecí-me de colocar título em meu texto,uma vez que retirei o mesmo daqui do blog então o jornal colocou este título. Eu teria colocado outro.
E, encurtei um pouco, uma vez que o limite de palavras para publicação é de 4.000 palavras. Só por esta razão.

 
Corrigindo: ninguém enterra ninguém em monumento-túmulo, enterra-se apenas no túmulo ! E, neste caso, o monumento agradece, pois, finalmente será "examinado".

Mas sabem usar o nome de CARLOS GOMES pra festa junina, pra pano de fundo de discurso político... pra encher o peito lá fora e dizer "Sou de Campinas, terra de CARLOS GOMES !"


FRASE DO DIA

 "NO PARÁ, PORÉM, ME QUEREM DE BRAÇOS ABERTOS ! NÃO ME QUEREM NO SUL, MORREREI NO NORTE QUE É TODA TERRA BRASILEIRA ! AMÉM !"


EM CIMA DO MURO



Um comentário: