Páginas

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

A TERRA DE SHAKESPEARE



STRATFORD-ON-AVON
Stratford-upon-Avon é uma cidade da Inglaterra situada no condado de Warwickshire ao sul de Birmingham. 
 A sua população era 23.676 habitantes em 2001. 
 Sua principal atração turística esta relacionada com as casas de William Shakespeare e as suas propriedades. 

 É mundialmente conhecida por ser o lugar de nascimento de Willian Shakespare. 
 A cidade está unida ao teatro e ao turismo e recebe cerca de três milhões de visitantes ao ano precedentes de todo o mundo.
 Stratford, a princípio chamada de Straetford – que queria dizer via romana a um vau (ford) e ficava em uma estrada romana, foi construída em terra cedida por um rei saxão (Ethelhard) ao 3º bispo de Worcester (693 – 714 d.C). 
 A partir daí, Stratford foi um domínio feudal (manerium) do bispado. Já no século XIII, era uma cidade comercial com hospedarias, 240 lotes construídos, lojas e tendas – onde os produtos da região (Alden e Feldon) eram trocados.
 Stratford era famosa pela sua guilda religiosa laica: Guilda da Santa Cruz. Era a guilda que indicava os jurados para os tribunais feudais, cuidava dos doentes, dirigia a escola que fundou e ditava a prática religiosa e social comum à população. 

 Assim, até o século XIII, a cidade partilhava as longas tradições da guilda até que, com as reformas protestantes, foi fechada a igreja e suas propriedades confiscadas.
 O conselho governante – constituído por um bailio (eleito pelos seus membros para o mandato de um ano), treze conselheiros e catorze representantes, preocupado com o comércio local, peticionou à Coroa, e obteve, a incorporação de Stratford como burgo real. 
 Era o ano de 1553 e, mal a cidade iniciava sua nova existência, a rainha Maria Tudor devolveu a nação ao catolicismo. 
 As controvérsias de cunho religioso transformaram Stratford no “centro de um círculo de fogueiras de mártires”, segundo relatos de John Foxe em seu “Book of Martyres” (Livro dos Mártires).
ÁFRICA

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. É assim que se faz com os 'tesouros'... temos muito que aprender, nós, os brasileiros...

    ResponderExcluir