Páginas

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

S.O.S. CAMPINAS


S.O.S. CAMPINAS
Denise Maricato

Publicação do dia 8 de fevereiro de 2012 - Correio Popular de Campinas 

(o meu título era - S.O.S. CAMPINAS - mas foi mudado para 'Abandono' e o texto foi cortado, portanto, abaixo vai transcrito na íntegra)

Triste realidade. Enquanto as cidades buscam melhorar sua aparência,  Campinas está abandonada.Uma parte da população nada cobra do poder  municipal.Outra parcela não se incomoda com o assunto, cuida de seus  interesses apenas e quando quer cultura vai a lugares que oferecem  Cultura e Arte.
Está havendo há tempos uma completa falta de respeito com  Campinas.Estamos fartos dessa nenhuma vergonha de nossos  administradores.Não há nenhum segmento da administração que esteja  minimamente razoável.
Não temos uma Secretaria de Cultura à altura da  terra de Carlos Gomes. Paulínia, logo aí ao lado, passa a perna em  Campinas, ex-berço da cultura.Temos que reverter este quadro.
Campinas virou ‘a casa da mãe Joana’, a ‘galinha dos ovos de ouro’, a ‘terra de ninguém’.
Eu preferia como era conhecida antes: terra de CARLOS GOMES.

FAMÍLIA DA PESADA 
 

3 comentários:

  1. Carmen Lins de Carvalho15 de fevereiro de 2012 11:59

    Denise, o que acontece com Campinas, acontece pelo Brasil. As pessoas desistem de lutar porque a força maior vence a menor. O povo é minoria depois que votam! Deveriam, sim, saber votar!

    ResponderExcluir