Páginas

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

FIM DE TARDE

 Estamos indo para Monte Verde para passarmos este fim-de-semana, portanto, fico sem postar aqui até segunda-feira, mas prometo lindas fotos ! Até a volta aos amigos !

 Yuja Wang -"The Flight of the Bumble-Bee" (O Vôo do Moscardo)

 Esta obra musical, do compositor russo Nicolai  Rimsky Korsakov, é uma peça de dificilima execução. Apenas orquestras, com menção especial para as violas, celos e  violinos conseguem executá-las, devido principalmente à rapidez com que as notas se sucedem. Esta execução, de uma pianista chinesa, é  realmente espetacular e vale a pena ser vista e ouvida.
NADA É IMPOSSÍVEL, ALGUMAS COISAS SÃO APENAS MAIS DIFÍCEIS...

The Flight of the Bumble-Bee é um interlúdio musical famosíssimo, composto pelo conde e compositor russo Nicolai Rimsky - Korsakov para sua ópera O Tzar Saltan, entre 1899 e 1900.
É um verdadeiro "tour de force" musical inicialmente escrito para um solo de violino.
Algum tempo depois o próprio Korsakov reescreveu a peça para o piano.
Contudo, é tecnicamente tão difícil que o famoso pianista Vladimir von Pachmann  (1848/1933) ao ler a partitura julgou-a "impossível de ser tocada".
Anos depois Serguei Prokofiev (1891/1953) aceitou o desafio e abriu a porta para que pouquíssimos colegas realizassem essa proeza.
A jovem pianista chinesa, considerada atualmente uma das 5 melhores do mundo, dá um show de virtuosismo.

Rimsky-Korsakov compôs esta obra para orquestra mas nunca a transcreveu para piano. Rachmaninoff, Cziffra, Hamelin, foram alguns dos compositores/pianistas que transcreveram esta obra para piano. Dado à sua idade, Pachmann só pode ter comentado isso sobre a transcrição de Rachmaninoff, mas é muito estranho, pois tocava obras bastante mais complexas que a "acessível" transcrição de Rachmaninoff. Pachmann morreu antes de surgirem outras transcrições desta peça. Yuja Wang toca a versão de Cziffra.


SONÍFERO

2 comentários:

  1. O que comentar, né! Uma pianista desse naipe! Ainda bem que não corremos o risco dela insistir em vir tocar aqui em Campinas em algum de nossos teatros. Ficaríamos constrangidos....pois não saberíamos qual seria mais adequado...
    Só rindo e depois chorando. Liliana

    ResponderExcluir