Páginas

terça-feira, 7 de maio de 2013

FERNANDO QUE É PESSOA

 
A MINHA ALMA PARTIU-SE COMO UM VASO VAZIO
 Fernando Pessoa
 
"…Desde criança tive a tendência para criar em meu torno um mundo fictício, de me cercar de amigos e conhecidos que nunca existiram. (Não sei, bem entendido, se realmente não existiram, ou se sou eu que não existo. Nestas coisas, como em todas, não devemos ser dogmáticos.) Desde que me conheço como sendo aquilo a que chamo eu, me lembro de precisar mentalmente, em figura, movimentos, carácter e história, várias figuras irreais que eram para mim tão visíveis e minhas como as coisas daquilo a que chamamos, porventura abusivamente, a vida-real. Esta tendência, que me vem desde que me lembro de ser um eu, tem me acompanhado sempre, mudando um pouco o tipo de música com que me encanta, mas não alterando nunca a sua maneira de encantar."

COFFEE BREAK 

2 comentários:

  1. Carmen Lins de Carvalho10 de maio de 2013 11:58

    Denise, fico até sem palavras!Amo de paixão Fernando Pessoa! E ele diz tantas coisas que eu sinto (e não sei me expressar - felizmente, ele existiu para dizer).

    ResponderExcluir